Deixei a Barba Crescer, e Agora? As Melhores Dicas de Como Cuidar da sua Barba!

Bom dia, boa tarde, boa noite! Quem fala é o Mário, talvez vocês não saibam quem eu sou, mas sou um dos sócios do site! Temos o Lucas e o Pedro também. O texto foi redigido pela Thainá, caso precisem de uma redatora só entrar em contato pelo e-mail: [email protected]

Antes de começar, sempre coloco um música pra gente ouvir enquanto vamos aprendendo sobre o assunto. Escuta ai comigo! (Ou não) 😛

Os famigerados pelos faciais

Mais conhecidos como barba, deixaram de ser apenas pelos que delimitam um gênero ou idade e passaram a expressar personalidade, estilo, charme e elegância. Assim, os homens contam com a barba como um complemento para sua apresentação estética, podendo definir um estilo somente mudando o corte da barba.

Embora a barba tenha a fama de “envelhecer”, isso porque um cara pode parecer mais velho por causa de sua barba, a barba tem um efeito contrário na pele, uma vez que ela evita o envelhecimento da pele por protege-la de efeitos de envelhecimento do cotidiano como, por exemplo, os raios UVA e UVB.

NÍVEIS DE EXPOSIÇÃO AOS RAIOS UV (%)

Segundo o estudo, o nível de exposição aos raios UV do sol é maior em rostos sem barba, tendo uma queda considerável quando se tem barba, mesmo que curta.

NÍVEIS DE EXPOSIÇÃO AOS RAIOS UV (%)

Pensando nos benefícios estéticos e práticos, que tal deixar a barba crescer? Não sabe exatamente como cuidar? Segue a leitura que vamos ensinar como cuidar da barba em diferentes tamanhos e como driblar algumas partes desconfortáveis de ter barba.

Durante séculos usar barba ou não, tal como o seu modelo, não era opcional, tratava-se de uma imposição social para demarcar uma classe ou status social. No período medieval a barba cheia era sinônimo de velhice, negligência e até insanidade.

representação do homem barbudo na idade média

Entre os anos finais de 1800 e iniciais de 1900, os adornos masculinos como gravatas coloridas, casacos elegantes e sapatilhas finas, foram abandonados, dando lugar à barba cheia para representação do mesmo status social. O visual barbado denotava poderes financeiros, em várias culturas a barba grande e cheia demonstrava poder aquisitivo, mas também, e talvez principalmente, virilidade. Pois a homossexualidade era malvista e acreditava-se que homossexuais não adeririam à barba.

barba nos anos 1800 a 1900

Com a chegada do século XX, novamente a barba perde seu status na alta sociedade, no decorrer de grande parte deste período, o rosto liso indicava higiene, sociabilidade e polidez. Somente entre os anos 60 e 70 as barbas voltaram à moda através do movimento hippie.

barba estilo hippie

Atualmente, elas estão com tudo, não mais atendendo a regras, agora vale criar seu próprio estilo (Confira alguns para se inspirar TOP 5 Modelos de Baraba) . Nos dias atuais, que a barba não cumpre um papel imprescindível de marcas sociais, deixá-la crescer não basta para ter uma barba legal. E agora, como cuidar?

Os cuidados devem ser diários, começando de hábitos básicos de higiene até cuidados mais atenciosos, que podem ser vistos como “frescura”, besteira, é óbvio, o cuidado de si é sempre primordial. Assim, deixaremos, aqui, algumas dicas valiosas sobre cuidados com os vários tipos de barba.

O primeiro talvez fosse dispensável, mas é sempre bom lembrar que tudo começa com uma boa higiene diária. Ou seja, nossa primeira dica se volta para a:

Lavagem

Em primeiro lugar, devemos ressaltar a relevância de se usar um xampu próprio para barba, estes contêm uma fórmula direcionada especificamente para os poros da pele no rosto, além, é claro, de terem nutrientes voltados para o cabelo da barba que exigem vitaminas diferentes do cabelo da cabeça. Lavar o cabelo com outros xampus ou até mesmo com sabonetes, garante a limpeza, mas não a saúde dos fios, podendo ocasionar fios opacos e uma aparência desleixada.

barba feia

A lavagem é necessária tanto em barbas compridas, como em barbas curtas. Além da hidratação dos fios, garante a ausência de caspas. Dependendo do tamanho da barba, um pente talvez seja interessante, mas isso varia de acordo com a textura e volume que pretende alcançar. A rotina de lavagem pode ser criada de acordo com a necessidade ou preferência, podendo acompanhar a rotina de higiene do cabelo. Contudo, uma boa rotina indicada é lavar dia sim, dia não. Claro que a lavagem é necessária mesmo em casos de “dia de descanso”, em casos de contato direto da sujeira com barba. Vale lembrar que tanto a falta, quanto o excesso de lavagens pode ser prejudicial à saúde dos fios.

lavando a barba

Não há uma movimentação exata necessária durante a lavagem, mas recomendamos, principalmente em caso de barbas grandes, movimentos circulares, pois ajudam na circulação, evitando as temíveis vermelhidões de pelos encravados e ajudam que o xampu penetre até a raiz dos fios.

Para os apressadinhos que não curtem deixar a barba secar naturalmente, o secador é uma boa opção, sendo necessário somente um cuidado especial com a temperatura, visto que a alta temperatura pode danificar os fios. Para os que curtem deixar a barba curta ou raspam o pescoço, recomendamos utilização de Balm – para barba, é claro – após a lavagem e antes do secador, pois ele hidrata a pele, trata irritações e hidrata os fios, protegendo-os do ressecamento do secador. O que nos leva ao segundo tópico:

homem usando secador para secar a barba

Barbeação e corte

O tamanho, formato e espessura da barba definem o estilo do “barbudo” e a imagem que ele pretende passar para a sociedade, por essa razão o controle dos fios é fundamental em qualquer tamanho de barba para garantir que passe a imagem pretendida e não tenha um aspecto desgrenhado.

Em casos de barbas mais curtas, que costumam passar um ar mais formal para seus usuários, muito comum dentre homens com cargos em empresas que exigem um padrão mais discreto, mas que mantenha a elegância. Geralmente nesse estilo, é muito comum que os homens barbeiem o pescoço, deixando a barba somente até os limites do contorno do rosto. Entretanto, esta prática costuma ser maléfica devido a desigualdade dos níveis do pelo do rosto e do pescoço, o que faz com que a necessidade de fazer a barba no pescoço seja frequente, às vezes até diária, lesionando a pele e criando grandes áreas vermelhas que, devido à inflamação, podem ter a aparência de uma espinha. (“Eu mesmo odeio tirar essa parte da barba” – Mário )

pescoco

Recomendamos um cuidado especial à pele nesses casos, desde de cremes de barbear específicos para pele sensíveis a loções pós-barba com componentes como camomila e Aloe vera que garantem uma sensação calmante e cicatrizante para a pele. Além disso, a utilização diária do balm, principalmente no horário de dormir, também é recomendada, uma vez que durante o sono a pele pode absorver os nutrientes sem interferências externas como o sol, fumaça etc.

Imprescindível: Cuidado com o estado das lâminas do barbeador a ser utilizado, a maioria dos barbeadores não tem uma vida útil de mais de duas barbeadas, uma lâmina usada mais de duas vezes também prejudica a pele, podendo inclusive fazer cortes profundos nas camadas da pele.

Barbeador usado

O tamanho da barba pode ser controlado através de tesoura ou máquina. Variando de acordo com a espessura pretendida. Mesmo em caso das barbas mais compridas, o controle de formato é fundamental para manter a atratividade da barba. Uma barba comprida sem cuidados passa a imagem de uma barba que está crescendo sem a intencionalidade de crescer, apenas por desleixo, além de correr o risco de deturpar o modelo do rosto. É fundamental nunca permitir que o bigode cubra a boca.

bigode morsa

E, claro, não se deve descartar a ideia de um barbeiro ao menos uma vez no mês, além de te dar uma folga dos cuidados, eles estão sempre por dentro das novidades em produtos e técnicas para cuidados com a barba.

Mas e quanto aos fios quebradiços e sem vida, desistir agora? Não!

Cuidados específicos

 Ainda em caso de barbas compridas, é interessante também o uso de óleos e ceras próprias para barba, afinal, devido a extensão, as vezes os fios já não carregam mais todos os nutrientes necessários para as pontas, que já tendem a estar naturalmente mais envelhecidas. Estes produtos irão proteger dos efeitos maléficos de elementos diários como sol, fumaça urbana, água do mar, entre outros, e ainda garantem um brilho natural aos fios.

barba comprida

Outro produto útil para a aparência da barba é o modelador de barba, funciona como um finalizador para controlar melhor o volume e dar uma segurada naqueles fios mais rebeldes que ficam espetados para fora. O produto deve ser aplicado na ponta dos dedos e passado nas áreas em que se deseja controlar o volume, passando sempre na direção dos fios.

Outro detalhe importante é que a barba deixa a pele mais oleosa, por isso em caso de pessoas com a pele naturalmente oleosa, que costumam ter muitas espinhas, é recomendável produtos e sabonetes específicos para combate à oleosidade, afinal, como já dito acima, o excesso de lavagens não é saudável.

Ao pentear a barba, começar por um pente de dentes largos antes de passar os dentes finos, isso garantirá que os possíveis embaraços se desfaçam antes que você utilize o pente para alinhar.

Para finalizar, alguns homens também curtem mudar a cor da barba para se adequar ao visual ou para passar a imagem de envelhecimento, o que é feito através de descolorações em um processo como o capilar. Nesses casos o cuidado é quase o mesmo dos anteriores já citados, mas faz-se necessário, em casos de danos na estrutura capilar, utilização de cremes para processos químicos e/ou plantas como a Aloe vera, também óleos de poupa naturais como o óleo de coco.

Pronto! Com essas dicas, agora você só precisa escolher seu estilo e o modelo que mais combina com seu rosto. Arrisque-se a deixar os pelos faciais te ajudarem no sucesso com as mulheres, afinal, os pelos podem não mais significar virilidade, mas que podem ser um charme a mais, ah, isso podem.

E se você quiser dar um up na sua barba, use Minoxidil! Temos preços bacanas e entrega por nossa conta! Só clicar no Banner abaixo, nos vemos na próxima!banner minoxidil

Autor Mário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *